Chery Notícias Equipe Carros da China

Chery apresenta o novo QQ

O Chery QQ não é mais uma cópia do japonês Daewoo Matiz. A montadora chinesa apresentou nesta segunda-feira (18) a nova linha do compacto popular, que foi reformulado e ganhou identidade visual própria para celebrar seus 10 anos de mercado – o carro foi lançado na China em 2003. Não só isso, a fabricante também inovou na motorização ao equipá-lo com o novo motor 1.0 de 69 cv com apenas três cilindros.

Segundo a Chery, o novo QQ está mais comprido e largo. A marca, no entanto, não divulgou o quanto o carro cresceu. Já a distância entre-eixos foi mantida em 2,33 metros.

novo-chery-qq

A reforma estética deixou o compacto chinês com uma cara mais harmoniosa. Os traços nas partes frontal e traseira foram suavizados e o conjunto óptico foi redesenhado, ganhando um aspecto mais moderno. Alguns pontos no design do carro ainda chamam a atenção, como a maçaneta das portas traseiras embutida na borda das portas e a instalação do vidro traseiro por cima da lataria.

novo-chery-qq-2

Como o modelo atual, a nova linha vem recheada de itens. A lista inclui ar condicionado, airbags frontais, freios ABS, rádio com entrada USB, faróis de neblina, vidros elétricos, entre outros. Outra novidade é a opção de equipar o QQ com câmbio automático CVT, de relações infinitas.

O veículo já é anunciado na China por 39.500 yuans, o equivalente a R$ 12.400 (sem contar impostos brasileiros, e a Chery já confirmou sua presença nos mercado da Rússia e Chile até o final deste ano.

novo-chery-qq-3

Questionada pelo iG sobre a chegada no modelo ao Brasil, a divisão nacional da Chery, por meio de sua assessoria de imprensa, afirmou que ainda não há previsão de chegada do QQ renovado ao mercado nacional.

Vi no Ig Carros

Sobre o autor | Website

Alexandre Carvalho é empresário na área de Marketing e Coaching. Uma das suas empresas é a Forcom, especialista em gestão de marketing e conteúdo. Ativo e interessado em diversas temas, tem como objetivo divulgar o segmento de Carros Chineses no Brasil.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!