Browse By

Chery fecha as portas e deixa consumidores sem resposta em Londrina

O fechamento da revendora da marca chinesa Chery em Londrina – que também encerrou as vendas em outros quatro locais Paraná, como Maringá – está causando transtorno aos consumidores. Quem havia adquirido um veículo no local foi surpreendido com a paralisação das atividades e agora tenta encontrar alternativas para providenciar manutenção e troca de peças.

O corretor Durval Fornazieri Junior é um desses consumidores. Há cerca de três meses, ele comprou um Chery QQ e agora tenta encontrar uma forma de realizar a manutenção programada dos cinco mil quilômetros rodados. Ele já ligou para o 0800 da companhia e para a Concessionária Hong Kong, que ainda está em atividade em Curitiba, mas não conseguiu respostas.



“O que eu fiquei mais chocado é que o Grupo Sulpar [responsável pelas revendedoras no Paraná], na compra do veículo, falava da confiança que o grupo estava oferecendo. Na própria placa da Chery tinha a questão da ética e seriedade do grupo. Eram esses argumentos que eles passavam para os vendedores para que as pessoas comprassem não só um carro, mas um carro do Grupo Sulpar”, colocou.

Através do serviço gratuito de atendimento ao cliente, Durval Fornazieri Junior recebeu a informação de que seu carro teria que fazer a manutenção em uma loja de Araçatuba (SP). Ele tentou contato, por duas vezes, com o diretor da Concessionária Hong Kong em Curitiba, mas em ambas foi informada por uma secretária que o homem estava verificando a questão.

O caso ganhou repercussão na internet. Em fóruns e redes sociais, os consumidores estão debatendo soluções para os problemas. Um fato que chama a atenção é o fechamento das revendedoras acontecer após o anúncio de que a Chery investiria R$ 400 milhões no Brasil.

A reportagem de odiario.com tentou contato com a loja da Kia, também do Grupo Sulpar em Londrina, mas foi informada que não havia relação entre as revendedoras. Ao tentar acionar o Serviço de Atendimento ao Cliente, ninguém atendeu. No telefone da Chery Hong Kong em Curitiba, o telefone estava ocupado.

Procon

O Núcleo de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Londrina não havia recebido reclamações sobre o problema até esta quinta-feira (8). O coordenador do órgão, Roberto de Paula, informou que os direitos dos proprietários dos veículos foram lesados ao não serem avisados do fechamento e não receberem detalhes sobre que serviço procurar, caso necessitassem de consertos.

“Para além do aviso, a multinacional tem que disponibilizar outra forma, seja por meio de outra concessionária ou pela própria empresa para o consumidor entrar em contato. O fechamento não pode, de modo algum, lesar o consumidor”, colocou.

Além de formalizar as denúncias ao Procon, os clientes são orientados a acionarem a via judicial, caso acharem que é necessária indenização.

Vi no O Diario de Londrina

2 thoughts on “Chery fecha as portas e deixa consumidores sem resposta em Londrina”

  1. Paulo Roberto Andrade says:

    A Chery do Brasil esta atenta ao ocorrido em Londrina, tanto consumidores, como o publico em geral, espera uma soluçao pratica, para que nao ocorra maiores constragimentos, uma marca forte, que procura se consolidar no Brasil encontrara rapidamente a satisfaçao desejada a todos. Sigam em frente, Brasilia, Brasil.

  2. Fernando Lopez says:

    Já começaram os Problemas, Sou também um proprietário de um Tiggo 2011, e fui mais um que acreditou na Chery e no Grupo SULPAR. Como não temos mais oficina em Curitiba, fui avaliar meu TIGGO para troca em uma concessionaria de outra marca, e sabem o que ouvi? “Damos R$20000,00 (vinte mil) em seu veículo, e aproveita, que o carro é MICO, Não tem Oficina nem revenda” O vendedor ainda riu da minha cara. Acho que deveríamos juntar e entrar com uma ação contra a Chery, pois acreditamos na marca e simplesmente fomos abandonados. Já enviei e-mail com o fale com o presidente na pagina da Chery, e nem resposta obtive.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Read previous post:
Chery negocia empregos para a fábrica de Jacareí

Executivos da Chery e representantes do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos se reuniram para discutir o atual...

Close