Chery Notícias Equipe Carros da China

Chery mostra Celer, que será o 1º carro que chinesa fará no Brasil

O compacto Chery Celer foi apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo, nesta terça-feira (23). Por enquanto ele será importado da China, já com motor motor 1.5 flex, sistema bicombustível desenvolvido pela Delphi. Mas este será o primeiro modelo que a montadora vai produzir na fábrica que é construída em Jacareí (SP), a primeira de uma chinesa fora de seu país de origem onde haverá todas as etapas de produção, e não apenas a montagem dos carros (CKD). O “diferencial” da Chery é que ela é uma montadora chinesa “independente”, ou seja, não tem joint-venture na China com uma montadora estrangeira.

O Celer deve chegar às lojas em novembro, mas o preço ainda não foi divulgado. Em dimensões a versão hatch está próxima do Renault Sandero e irá concorrer também com Volkswagen Fox e Fiat Palio. Para o sedã, os rivais são Chevrolet Cobalt, Renault Logan e Nissan Versa. O modelo terá de série airbag duplo frontal, freios com sistema ABS, ar-condicionado, travas e vidros elétricos e sistema de som, com garantia de três anos, entre outros itens.


Antigo Fulwin 2

O Celer é, na verdade, o antigo Fulwin 2, que já havia sido mostrado pela fabricante chinesa no Salão de São Paulo de 2010. Ele deveria ter sido lançado em janeiro deste ano, no entanto, o aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre os modelos importados obrigou a Chery a adiar o lançamento. Com o novo regime automotivo anunciado e a fábrica “engatilhada”, agora, foi possível tirar o plano do papel.

Tiggo com novo visual

A Chery exibe também o SUV Tiggo FL, a mais recente versão do primeiro veículo lançado pela Chery no Brasil, em 2009. Ele sofreu adaptações em seu design para estar “alinhado com a preferência do consumidor brasileiro”, segundo a Chery do Brasil. O modelo deve chegar às concessionárias no primeiro semestre de 2013.

A fabricante chinesa mostrou ainda o protótipo TX. Com design inovador que mostra as tendências dos próximos modelos da Chery, ele é equipado com motor TGDI (Turbo Gasoline Direct Injection) e câmbio CVT (continuamente variável).
Outro destaque é a versão elétrica do S18. O hatch compacto utiliza bateria de lítio com autonomia para rodar 120 km. Para carregá-la completamente, são necessárias de seis a oito horas, segundo a montadora. A versão elétrica atinge velocidade máxima de 120 km/h.

Vi no G1 Auto Esporte

Sobre o autor | Website

Alexandre Carvalho é empresário na área de Marketing e Coaching. Uma das suas empresas é a Forcom, especialista em gestão de marketing e conteúdo. Ativo e interessado em diversas temas, tem como objetivo divulgar o segmento de Carros Chineses no Brasil.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!