Notícias Equipe Carros da China

China vai frear investimentos externos na indústria de carros

A China vai deixar de incentivar investimentos estrangeiros na indústria automobilística de seu país, alegando uma tentativa de dar um “desenvolvimento saudável” ao mercado que hoje é o maior e mais importante do mundo.

Segundo informações da agência de notícias Automotive News, o governo de Pequim já providenciou uma lista com setores de indústria e tecnologia que pretende atrair novos investidores de fora, colocando as montadoras de automóveis em segundo plano para privilegiar outras áreas e empresas locais.

A nova postura representa o fim de uma postura tomada há sete anos, que concede uma série de benefícios aos investidores estrangeiros no setor de automóveis, incluindo uma redução significativa de tarifas cobradas na importação de equipamentos e peças. As novas regras devem entrar em vigor a partir de 30 de janeiro.

Apesar da medida, o governo chinês assegurou que continuará incentivando os investimentos estrangeiros em veículos mais econômicos e ecologicamente corretos.

Nos últimos anos, algumas das maiores montadoras de carros do mundo voltaram suas atenções para a China. Fabricantes como General Motors, Toyota e Volkswagen precisam respeitar várias regras da economia chinesa, incluindo a atuação por lá apenas no regime de joint-venture, ou seja, firmando parcerias com empresas e fabricantes de automóveis locais.

Fonte: Exame

Sobre o autor | Website

Alexandre Carvalho é empresário na área de Marketing e Coaching. Uma das suas empresas é a Forcom, especialista em gestão de marketing e conteúdo. Ativo e interessado em diversas temas, tem como objetivo divulgar o segmento de Carros Chineses no Brasil.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!