Jac Notícias Equipe Carros da China

JAC anuncia investimento de R$ 20 milhões na Bahia

O desembarque de mil carros da chinesa JAC Motors marcou ontem o início das operações da montadora na Bahia, mas os investimentos não param por aí. Junto com o desembarque dos automóveis, que virão da China para o Porto de Salvador, o presidente da JAC Motors no Brasil, Sergio Habib, informou que a empresa montará na Bahia o Centro de Distribuição dos automóveis, que terá um investimento de R$ 20 milhões.

O Centro de Distribuição de Autopeças e Reposições, que hoje se encontra no estado de São Paulo, também será transferido para Camaçari até o começo do próximo ano. “Somos uma empresa baiana. Todas as nossas operações serão daqui”, afirmou Habib. Ontem, todos os modelos desembarcados foram do sedã J5.

Segundo o presidente da JAC Motors Brasil, a previsão é escoar cerca de 2 mil carros por mês pelo Porto de Salvador: 1,5 mil serão o J3 e 500 de outros modelos. Daqui, esses carros serão distribuídos para todo o restante do país.

Se hoje a Bahia representa 7% do mercado consumidor da JAC, 140 carros devem ficar aqui no estado. “Em Salvador, já detemos 2% do marketing share”, acrescentou Habib.

Apesar da festa ter começado no Porto de Salvador, Habib adiantou ontem que o desembarque dos carros deve mudar para o Porto de Aratu. Além de ficar mais perto do Polo Industrial de Aratu, Habib reforçou que Salvador não comporta ter caminhões cegonhas transportando os carros por dentro da cidade, o que só atrapalharia ainda mais o trânsito. “O que esperamos são as reformas de Aratu para atender nossos volumes”.

Entre as etapas de implantação da montadora em Camaçari, prevista para 2014, uma delas é a contratação de fornecedores. Atualmente, a JAC está na fase de prospecção: visitando e cotando os preços dos possíveis parceiros. Na última semana, a JAC Motors realizou o I Workshop em Salvador e recebeu 200 empresários interessados em negociar. “Só podemos dizer que muitos fornecedores virão para cá”.

Rede 
O presidente da JAC ainda falou sobre a importância de montar uma rede, antes da instalação da fábrica. Segundo ele, enquanto uma fábrica leva um ano e meio para ser montada, uma rede de distribuição entre vários estados leva de três a quatro anos para ser estruturada.

“Por isso, escolhemos a Bahia para ser o centro desta operação. Salvador é a terceira maior cidade do país, há o polo industrial em Camaçari, já tem a Ford e uma mão de obra qualificada, com um excelente centro de formação”, disse Habib. A previsão dele é que a contratação de funcionários comece no final de 2013.

Sobre os incentivos fiscais que a montadora recebeu, nem a JAC nem o governo estadual falaram sobre valores. Habib comentou que a companhia recebeu os mesmos incentivos da Ford. O presidente da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), José Rebouças, também confirmou que a JAC recebeu reduções tarifárias para escoar seus carros pelo porto, mas não falou em valores. “Nesta operação, a receita não é o mais importante”.

Vi no Correio 24horas

Sobre o autor | Website

Alexandre Carvalho é empresário na área de Marketing e Coaching. Uma das suas empresas é a Forcom, especialista em gestão de marketing e conteúdo. Ativo e interessado em diversas temas, tem como objetivo divulgar o segmento de Carros Chineses no Brasil.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

1 Comentário

  1. César diz:

    Sò está se aproveitando das circunstâncias, ta certissimo! E sinceramente, espero q essa Jac venha com TUDO. Que desçam todos os preços pra ver se alguem regula esse mercado…