Jac Notícias Equipe Carros da China

JAC LANÇA J3 CROSS NO CHILE; BRASIL TERÁ “AVENTUREIRO” NACIONAL EM 2016

A JAC decidiu avançar pelo segmento de modelos “aventureiros” no Chile, com o lançamento do J3 Cross. Na parte mecânica, a única modificação é a elevação da suspensão, enquanto o motor segue o 1.3 16V de 98 cavalos. No aspecto visual, as mudanças incluem máscaras negras nos faróis, apliques plásticos nos para-choques dianteiro e traseiro, barras longitudinais, molduras laterais e rodas de liga leve aro 15 com novo desenho. No interior, o destaque é o volante com comandos de som integrados.

j3_cross

O J3 Cross é oferecido a partir de R$ 22.900 e é parte da estratégia de expansão da JAC no país. Com o modelo, a marca espera atingir vendas de 16.700 unidades em 2013 – fora os caminhões. No ano passado, a família J3 (hatch e Turin) representaram 51% do total comercializado, somando 5.283 unidades.

Através da assessoria de imprensa, a JAC Motors do Brasil diz que não tem planos para a venda do J3 Cross aqui. O modelo aventureiro da marca chinesa para o Brasil será derivado do novo veículo que começa a ser produzido em novembro de 2014 na Bahia.

O cronograma da linha de montagem prevê a chegada do hatch nacional da JAC no ano que vem, da versão sedã em 2015 e do aventureiro em 2016. Conforme o presidente do grupo SHC, importador da marca, Sergio Habib, disse na ocasião, o hatch terá três opções de motorização (1.0, 1.4 e 1.5) e todas serão flex. O novo modelo vai substituir simultaneamente o J2 e J3 e deve ter preços entre R$ 31 mil e R$ 45 mil.

Nesse meio tempo, podemos esperar a chegada do utilitário esportivo S5 para o primeiro semestre de 2014.

Vi no AutoEsporte

Sobre o autor | Website

Alexandre Carvalho é empresário na área de Marketing e Coaching. Uma das suas empresas é a Forcom, especialista em gestão de marketing e conteúdo. Ativo e interessado em diversas temas, tem como objetivo divulgar o segmento de Carros Chineses no Brasil.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

1 Comentário

  1. gilberto diz:

    como eles conseguem vender o carro por 23.000 por lá, se os impostos não são tão diferentes assim ? A ganância responde !