Jac Notícias Equipe Carros da China

JAC nacional vai substituir J2 e J3 em 2014

A JAC Motors estava à espera do decreto do novo regime automotivo: assim que o governo publicou as regras que vão nortear o setor até 2017, a empresa anunciou não apenas a retomada total dos planos, como o cronograma de obras da fábrica que será construída em Camaçari, na Bahia. A pedra fundamental será lançada em 28 de novembro, para que os primeiros lotes sejam entregues entre outubro e novembro de 2014.

Em conversa com Autoesporte, o presidente do grupo SHC, importador da marca, Sergio Habib, confirmou que o modelo será um hatch e contará com três opções de motor – 1.0, 1.4 e 1.5, todos flex. Os propulsores e o câmbio serão importados e, por ora, não há a intenção de produzi-los localmente. O executivo conta que o carro tem sido desenvolvido em conjunto por engenheiros chineses e brasileiros, e que já está com o estilo 100% acertado. “Agora estamos definindo os fornecedores”, diz. Uma informação inesperada também foi revelada por ele: o novo modelo vai substituir simultaneamente o J2, que começa a ser vendido em dezembro, e o J3. “Por isso, os preços vão partir de R$ 31 e chegarão a R$ 45 mil. Em seguida, teremos um sedã, que usará a mesma plataforma do hatch, e uma versão aventureira”, afirma.

As perspectivas de Sergio Habib são positivas para os próximos anos. Com as novas normas que regem a indústria, ele garante que poderá importar cerca de 30 mil carros por ano em “condições econômicas satisfatórias”, ou seja, sem ter de recolher “Super IPI” que sobretaxa os importados, exceto os do México e Mercosul. “Será o suficiente para manter o desenvolvimento da rede e construir a fábrica”.

Salão do Automóvel

Já não é novidade que a JAC levará para o evento o hatch compacto J2, que terá motor 1.4 16V de 108 cv (o mesmo do J3) e preço na faixa de R$ 33 mil a R$ 35 mil. Mas há uma surpresa reservada para a mostra: a presença do J3 Sport, que agora tem data para chegar ao mercado e motor definido. As revendas começam a recebê-lo em dezembro, junto com o J2. Sob o capô, ele trará propulsor 1.5 bicombustível, que rende 125 / 127 cavalos. O preço não foi revelado por Sergio Habib.

Vi no Autonews

Sobre o autor | Website

Alexandre Carvalho é empresário na área de Marketing e Coaching. Uma das suas empresas é a Forcom, especialista em gestão de marketing e conteúdo. Ativo e interessado em diversas temas, tem como objetivo divulgar o segmento de Carros Chineses no Brasil.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

9 Comentários

  1. Guilherme diz:

    Pronto, já chegou o motor flex da jac. Só falta colocar o cambio AT e pronto, o J3 está perfeito pra mim! Entra na minha vida!

  2. Ari diz:

    É, isso faz parte. Em 2014 vão estar com a fábrica a disposição, com certeza terão capacidade pra produzir carros muito melhores, com propostas excelentes. Assim eles consigam se estabilizar de vez aqui no Brasil!

  3. Luiz Antonio diz:

    Pô, bacana. Quanto mais concorrência melhor. Boa sorte, Jac, você manda bem!

  4. Vinicius diz:

    O J2 é show de bola. Já fiz o test drive e indico pra quem quiser experimentar! Muito potente mesmo.

  5. Celso Soares diz:

    Ainda não concordo com a ideia da substituição. Mas é provavel que a jac apenas lance uma versão abrasileirada, para n perder os beneficios das medidas que o governo ofereceu…

  6. renan diz:

    to com o palpite de que vai ser até melhor. daqui a 2 anos o design dos jacs já vai estar cansado

  7. Leonardo diz:

    espero que mantenham a identidade visual! o design é bacana.

  8. Camilo diz:

    Mesmo assim fiquei de agua na boca depois do test drive que eu fiz, heim meu. O carrinho é sensacional de rápido, da até um friozinho na barriga!

  9. Jonathas diz:

    Vi umas fotos das reestilizações. Se for a mesma ideia, serão modelos bem legais