Lifan Equipe Carros da China

Chineses assumem Lifan no Brasil

Lembra da Lifan Motors, a marca chinesa que trouxe para o Brasil o compacto 320, uma cópia de baixo custo do MINI Cooper? Pois bem, os negócios da empresa não vão bem e na tentativa de melhorar a situação os chineses decidiram assumir a operação da montadora no País, até então nas mãos da Effa Motors, que também representa as fabricantes chinesas Hafei e Chang de veículos comerciais.

A nova chefia assumiu a estrutura no Brasil em novembro e o plano é trabalhar para primeiro melhorar a rede de lojas e o pós-venda para depois lançar novos produtos.

Lifan 320

A nova fase da empresa, segundo a própria Lifan, consumirá um investimento de US$ 150 milhões (cerca de R$ 207,7 mi) para a reestruturação e também para a construção de uma fábrica de motores e expansão da linha atual para a América do Sul, em San Jose, no Uruguai, cuja capacidade produtiva deve subir para 50 mil carros por ano.

A rede de concessionárias, hoje composta por 28 lojas, segue inalterada independentemente da saída do Grupo Effa. O mesmo vale para o line-up de produtos, ainda com hatch compacto 320 e o sedã 620.

Conforme divulgou a empresa, logo no início de 2013 um novo veículo será lançado, mas detalhes sobre o produto ainda não foram revelados. A Lifan também confirmou que ainda reserva outros lançamentos durante o decorrer do próximo ano.

Desde que chegou ao Brasil, em 2010, a marca chinesa já emplacou aproximadamente 4.000 veículos no mercado nacional, resultado que não agradou a diretoria na China.

Vi no Ig Carros

Sobre o autor | Website

Alexandre Carvalho é empresário na área de Marketing e Coaching. Uma das suas empresas é a Forcom, especialista em gestão de marketing e conteúdo. Ativo e interessado em diversas temas, tem como objetivo divulgar o segmento de Carros Chineses no Brasil.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

2 Comentários

  1. Get-together Dynamics: Making kids socially-dynamic and drawing in them to work inside a gathering is a basic clarification behind control of promptings to learn English.